AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: escorregar

May 22, 2014

escorregar

Vou convidar Cibele para comer bolo de maçã. 
Cibele precisa conhecer Léo.
Paula precisa conhecer Léo.
Léo declamou chuva entre a tarde chuvosa e a tarde chuvosa.
O sapato de Léo chovendo nas despedidas dos cães e futuros amantes.
Seu sotaque molhado.
Um livro rosa.
Um livro verde.
Um colchão no chão.
Um mar violento.
Um mar.
Uma criança apertada entre dois miomas escorre vidas. 
Um meu ódio. O mar violento.
Uma calma na manhã seguinte.
Uma oscilação de tangerinas.
Ósculo.
Um olho abre.
Um olho fecha e abre.
Esse dia úmido. Membrana úmida.
Guarda-chuvas dissolvidos.
Músculo. Osso. Pele.
Pele. Músculo. Osso. 
Osso. Pele. Osso.
O mundo continua grande e pequeno.
O mundo continua cabendo nessa janela.
Uma janela fecha e abre.
Uma janela curiosa abre.
Feixe. Feixe-feixe. 
Planos roídos: nossos corpos rolando nas galerias e nas praças da cidade.

No comments: