AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: do amante I

March 20, 2011

do amante I

Melei gotas de doçura no quintal das nossas asas. Vamos: o ritmo é esse. Oscilação de um pêndulo. Uma semana atrás. Dois dias depois. Três vidas antes. Um ano. A certeza é Ágora - praça pública das antigas cidades gregas. Ouvimos lá, o sol derrete a cera, o sol derreteu a cera do mel de abelhas. Agora somos Samos ou a ilha da queda.

2 comments:

Saulo Moreira said...

Esse texto e "do amante II" significam um novo momento. Resultado do inusitado nas pontas das horas findas. Isso será para Caro-i.

Rüsben said...

Lindo, Saulo.
Eu fico imaginando o que se passa com você ao escrever isso, rs.
Abraço!
Rubens