AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: qualquer coisa

January 26, 2011

qualquer coisa

Eu começo no plural. Juntar dois mundos é difícil. Podemos ser prosa e poesia e afinados. 
(ele está pensando)
Essa melodia batucada em seus dedos é um processo de demolição. Qualquer coisa. Sem compartimentos ou uma lágrima ou medo. Seja o que for, incrível será.

4 comments:

Saulo Moreira said...

Esse texto foi escrito por Saulo e Rafa-el.

Leti Montenegro said...

Lindo! Adorei...

Sandrio cândido. said...

O texto é belo, mas acho que não consigo juntar dois mundos, é tão difícil viver um

Saulo Moreira said...

Leti,
É uma beleza eu me sentir lido por vc.

Sandrio,
Seja bem-vindo. A confusão dos mundos tentando tentando tent ando.