AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: sulfato

October 05, 2010

sulfato

O capataz supôs tanta loucura quando apereceu as acácias. Você aparecia no fervo das acácias. Bordei duas almofadas e tentei disfarçar na limpeza do chão o grito abafado. Em vão: os clichês dos jagunços eram conhecidos. Por isso adormecemos arrotando chá. Sabíamos a sensualidade dos mistérios mas nos confessamos. Mais tarde subverteu as frases e disse dos raios solares decorando essa casa. Em vão: todas as telhas foram quebradas. Aos 25 anos fui viajar. Nunca mais voltei. Minha solidão indisfarçavél espanta. E espanca. 

1 comment:

Saulo Moreira said...

Esse texto, para mim, é um dos textos mais possíveis desse texto maior chamado 'home' ou 'casa'. Eu gosto de Sulfato, posso dizer.