AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: sem tíltulo

August 25, 2010

sem tíltulo

Desde essa manhã  esperava por essa tarde
desde a manhã do meu retorno à Bahia
mas a tarde não veio
não veio

sossegue, o amor é aquilo de aguardar

desde essa manhã eu leio poemas
declarações amarosas À seu nome
A tua presença
A tua ausência

sossegue, tem uisque na dispensa

Soneto de Julho em pleno final de Agosto
e o amigo do Esquimó, su-
jeito solitário além, quarta-feira
desde aquela manhã desacizento um futuro qualquer e abraso

1 comment:

Renê Ribeiro. said...

É tudo tão lindo q me faz tão bem.