AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: engasgo

June 22, 2010

engasgo

perdeu o bonde o trem o bus o caminho esse verso inventando aquilo dito perdeu ojeitodecorpo a língua perde-se ocasiões emqualugar não estar? perdeu o email a lanterna  o gesto passou o amor talvez ocantocínicodoslábios ocantoagudo das despedidas perdeu o encontro o compasso a magreza a aula a sede perdeu-se o amigo perdemos Saramago e o medo não o medo não se perdeu o medo não se perde nunca resistimos com flores amarelas e talvez produziremos  raquiticos e  vestidos com fôlego de medo desmedido, demedidos, a esperança

No comments: