AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: frágil

April 18, 2010

frágil

os frascos 
têm lâmpadas queimadas
parafusos
sonâmbulos
anjos caducos
crianças suicidas
e marcapassos
poesias esburacadas
rinocerontes
eu pensei em arco-íris também e chapéus e guarda-chuvas 
não tem sinos
uma noite inacabada
fantasia esquecida
tem amarelo
tem amarelo
estou tonto
muitos auto-retratos
são muitos
de todos tamanhos
geometrias
os frascos 
têm ruidos
acausalidades
acarofilias 
anéis sem dedos
estórias sem fim
vou morar com os frascos

1 comment:

Cassio Brito said...

quero ir morar com os frascos também.