July 28, 2009

de ficar mais um instante

vem também aqui nesse colchão raso
o portão é inseguro
o botequim é ali
deixemos jogos deslumbramentos desmedidas quaisquer
vamos falar de amor linear simples e saudade
clichês - nunca mais senti saudade -
e você se quer soube me ler e se soubesse
não importa
vamos aprender nadar até o buração
estou por aqui, aqui mesmo, desse jeito feio feito
canção na voz de Takai
feito a madrugada:
paradas de sucesso dessa solidão
extravagante puro
luxo
eu quero ser muito
romântico e sangrar
vem

2 comments:

Srta. M. said...

Tão sua cara essas palavras. Beijos amigo.

I am Sam said...

sinto o mesmo nesse momento...
só que em palavras diferentes...