AaBb1БДЖ2ΦΩφω3ĞğŞş4ŤťŢţ home: vermelho-cinza

April 25, 2008

vermelho-cinza

acalmou meus sons
contornou meus ecos
perfurou meu olfato
e o mais desapareceu
levou adiante a falta de paz
anestesiado
formou prazer
sem mel ou
sem deus

desfiz casaco de folhas óbvias enquanto os cadarços entardeceram

1 comment:

Rodolfo Lima said...

e não é que as vezes vc consegue ser poeta?rs